Cortinas de cozinha dão um charme especial

Cada detalhe é importante na hora de decorar um lar. Além de deixar bonito, precisa deixá-lo mais funcional e eficiente. As cortinas de cozinha deixam o ambiente mais leve, mais aconchegante e ainda ajudam a diminuir um pouco a entrada de claridade no cômodo.

cortinas-para-cozinha

São vários modelos disponíveis no mercado, inclusive com diferentes tipos de materiais e até mesmo objetivos diversos. Para escolher a cortina ideal para sua cozinha, continue com a leitura desse texto. Aqui você irá descobrir qual a melhor para o que você precisa!

Tipos de cortina

A lista de cortinas é extensa demais! Existem modelos de vários tipos de materiais diferentes, cada um com o seu objetivo e perfeita para um cômodo específico. São elas:

  • Cortina de voal;
  • Cortina DuoFold;
  • Cortina Rolô;
  • Cortina Blecaute ou Blackout;
  • Cortina Painel;
  • Cortina Romana;
  • Cortina de Renda;
  • Cortina de Crochê.

 

Não são só esses tipos, mas esses são os mais comuns. Nem todos são para cozinha, nessa lista tem cortinas para casa toda! A escolha do material irá depender do que você quer e do objetivo. Se quer impedir 100% a entrada de luz solar, deve optar pela cortina blecaute. Mas, se você só quer dar um ar mais romântico e clássico, com toda a certeza a cortina de renda.

Cortina Voal e DuoFold

Esses dois modelos são boas para sala de estar. Enquanto a Voal é um tecido fino e delicado, a DuoFold tem um sistema de abertura diferente. Podendo ser tanto para baixo como para cima.

Cortina Blecaute

É o modelo que deixa todo o ambiente escuro, já que impede 100% da entrada de luz. É ótima para sala de TV, quartos e escritórios, mas também pode ser usada na cozinha, dependendo do estilo e decoração. Para dar mais leveza, é possível sobrepor uma cortina de voal por cima da blecaute.

Cortina painel

Esse modelo tem sistema de abertura por trilho, sendo puxada, em painéis pela horizontal.

Cortina Romana

Sofisticada, com detalhes em linhas horizontais, ótima para cozinha gourmet. Seu sistema de fechamento é na vertical e é perfeita para grandes janelas e espaços abertos.

Cortina de renda

Esse modelo de cortina para cozinha é dos mais tradicionais. Típicos de casas no estilo mais retrô. Perfeitas para decoração, principalmente para criar um ambiente mais aconchegante.

Cortina de crochê

As cortinas de crochê também são tradicionais e combinam perfeitamente para quem gosta de uma pegada mais artesanal e manual. Afinal, esse tipo de material é feito a mão.

Como escolher cortinas de cozinha?

Primeiro, considere alguns pontos. O primeiro deles é o tamanho da sua janela. Muitas casas, principalmente em apartamentos, a janela da cozinha costuma ser menor do que as tradicionais. Alguns modelos tem janelas mais estreitas na altura e mais largas. Como se fossem longas faixas de vidro. Inclusive, em muitas cozinhas nem janela tem!

Agora, se você tem uma bela janela, nada melhor do que escolher uma bela cortina para deixar tudo maravilhoso! A escolha da cortina de cozinha precisa considerar o estilo do ambiente. É mais tradicional? Gourmet? Retrô? Moderna? Isso é crucial para usar esse detalhe para dar o toque especial ao ambiente!

Outro ponto importante é o seu objetivo com essa cortina. Você quer apenas decorar, ou pretende usá-la com o intuito de amenizar a luz do sol em seus móveis? Ou ainda evitar que a luz solar entre no ambiente?

Para decoração, opte pelos modelos de cortina de renda, principalmente se sua cozinha seguir o estilo mais clássico. Agora, se você quer diminuir a intensidade da claridade do sol, pode escolher a cortina romana. Esse modelo fica melhor ainda em cozinhas gourmets.

Todas as janelas precisam de cortina?

Depende! As janelas são pontos de luz e de entrada de ar. Em alguns cômodos é interessante diminuir a entrada de luminosidade com a ajuda de cortinas. Como é o caso da sala de TV, escritório ou quarto.

Entretanto, as cortinas tem outros objetivos. Servem para decorar um ambiente, sendo responsáveis por dar o charme que faltava ao cômodo. Deixam o local mais aconchegante e, ajudam a abafar os sons de dentro daquele lugar.

A escolha da cor é outro ponto importante! Elas ficam em um ponto de destaque do cômodo, logo precisam ser escolhidas com bastante cuidado e atenção. Opte por cores que façam linkagem com outros objetos e móveis do lugar. Isso ajuda a criar um ambiente harmonioso e cheio de charme.